Otima reproduz uma "smart city" na Campus Party

fsd

Quem visitou a Campus Party este ano se deparou com uma miniatura da Avenida Paulista sendo abastecida pela energia elétrica de duas bicicletas. O objetivo da ação desenvolvida pela Otima, empresa de mídia out-of-home, é mostrar aos participantes da feira que uma cidade inteligente e sustentável é possível. Para isso é preciso repensar a organização urbana e aplicar tecnologias que facilitem a vida das pessoas e sua relação com a cidade.

A energia gerada pelas pedaladas acendiam as luzes do metrô, de dois abrigos de ônibus e de dois painéis digitais representados na miniatura. Esses painéis, por sua vez, levavam dados por meio de IoT (internet das coisas), integrando edifícios, transportes, equipamentos e painéis eletrônicos, e ainda havia um centro de gerenciamento, que recebia informações em tempo real.

A quantidade de energia gerada pelos participantes era mostrada em um painel digital da empresa localizado no pavilhão. Confira abaixo um vídeo que mostra como o circuito funcionava:

“Nosso propósito é mostrar a influência que as pessoas têm no ambiente em que vivem”, explica Anderson Santos, head de planejamento estratégico da Otima. “Entenderem que até mesmo a energia pode ser gerada pela propulsão humana. Com a mente aberta e uma mudança de comportamento, seja no âmbito pessoal ou empresarial, é possível termos uma cidade mais integrada, colaborativa e agradável”.

Ano passado, a Otima levou para o evento um modelo “abrigo do futuro”, que contava com kit IoT com painel de energia solar; captação de água com sensor de chuva; lixo com sensores de nível; contagem de pessoas e sensores de CO₂, de presença, de ruído, de raio UV, de temperatura e de umidade.

“A Campus Party é o local ideal para trocar ideias. Nosso objetivo como empresa atuante nas ruas da cidade é levar serviços à população que caminhem na mesma direção da integração e da sustentabilidade”, explica. “Seja por meio de aplicativos de mobilidade ou da instalação de Wi-Fi nos abrigos de ônibus, por exemplo, estamos sempre pensando, por meio da tecnologia, em alternativas e em novas formas de melhorar o dia a dia das pessoas nas cidades onde atuamos”.

A miniatura foi feita com blocos de montar. O software que integra todo o sistema de automação foi desenvolvido em parceria com a Inviron Technologies.

Deixe seu comentário: