Nova “blacklist” agora comenta só sobre startups

ads

Sabe quando dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar? Então, certamente, isso não se adequa ao mercado de comunicação. Depois da “blacklist” da propaganda voltar à ativa após dois anos sem atualizações (veja aqui), é a vez do mercado de startups ser alvo de comentários, raras vezes elogiosos, de usuários anônimos que podem dizer o que quiser sobre as empresas que trabalharam (ou não).

Relativamente novo, o ecossistema brasileiro deste segmento já tem empresas bilionárias como Cabify, 99, Nubank e Movile, que já são o emprego dos sonhos de muitas pessoas. Para desmistificar um pouco este ambiente famoso pelo clima despojado, a lista de desafetos lançada há poucos dias não mede palavras para falar (ou aumentar) o que muita gente realmente acha sobre o mercado.

Com postagens como “Empresa nojenta, demissões na base para não aparentar os erros dos gerentes e coordenadores, criam um novo escritório tentem mudar até a cultura e organização, virou uma empresa burocrática”, o dossiê de desafetos cresce a cada dia e reúne relatos de diferentes partes do Brasil.

Caso você ficou curioso para ler os relatos, pode clicar aqui;

Para deixar o depoimento no inventário o endereço é este.

Deixe seu comentário: