Microsoft ajudará Publicis a criar sua plataforma global de AI

das

Arthur Sadoun, CEO e presidente da Publicis, surpreendeu o mercado em 2017 ao dizer que todas as suas agências não participariam mais de nenhum festival do mundo para cortar gastos e concentrar esforços em uma nova plataforma global que usa a inteligência artificial para a assistência profissional.

Nomeada com o nome de seu fundador, a “Marcel” usará inteligência artificial para interligar 80 mil colaboradores em 30 países. Segundo o Adweek, a rede social irá compartilhar diversos projetos ao redor do globo e antecipará necessidades de diferentes clientes.

Viabilização do projeto

Para criar essa grandiosa mudança, o grupo de comunicação francês anunciou nesta segunda-feira (29) uma parceria com a Microsoft. De maneira cooperativa, a Publicis Sapient, braço de tecnologia e consultoria da empresa, irá projetar o "assistente profissional" e estruturar sua experiência de usuário, enquanto a Microsoft irá construir a própria plataforma.

"Na Microsoft, acreditamos que as pessoas já não trabalham apenas para as empresas e são as empresas que precisam começar a trabalhar para o seu pessoal", disse o CEO da Microsoft Satya Nadella em comunicado. "Marcel encarna essa crença. Isso é o que torna essa colaboração tão perfeita e natural", completou Nadella.

O que ela faz 

Dessa maneira, a nova ferramenta inteligência artificial pretende ajudar a reunir as pessoas com habilidades e experiências complementares em projetos compartilhados, mesmo que seus escritórios estejam a milhares de quilômetros de distância.

Além disso, a Publicis também afirma que os recursos da Microsoft permitirão que o Marcel colecione e organize o "conhecimento coletivo" das agências do grupo espalhadas pelo mundo, permitindo assim o compartilhamento de dados e experiências individuais para uma equipe global espalhada em diversos países.

Deixe seu comentário: