Foi diagnosticado na Índia o primeiro paciente viciado em Netflix

hgfewd

O Serviço de Uso Saudável de Tecnologia (SHUT) localizado em Bangalore, Índia, é uma clínica especializada em pacientes que se encontram consumidas por patologias geradas pelos meios virtuais. Ela anunciou recentemente o caso de um homem de 26 anos que estaria viciado na plataforma de streaming Netflix. 

O Instituto Nacional de Saúde Mental e Neurociências (NIMHANS) revelou que os sintomas apresentados incluíam um consumo médio de sete horas diárias da plataforma, além de um quadro médico de fatiga, tensão ocular e ciclos desregulados de sono. A doutora chefe da SHUT, Manoj Kumar Sharma, conta “Quando sua família o estimulava a encontrar um emprego ou quando via seus próximos progredindo, ele assistia aos programas oferecidos continuamente, era um método de escapismo”.

No país em questão, a situação pode estar se agravar para casos mais severos, uma vez que, segundo pesquisas, parte dos alunos do ensino fundamental também começaram a desenvolver condições de vício parecidas. O conselho de Manoj é evitar o uso excessivo da gigante, principalmente como forma de evasão.

Deixe seu comentário: