Filme brasileiro em VR foi compartilhado por Zuckerberg

Tribeca

Para representar o Brasil no Festival de Tribeca, que acontece em Nova York entre os dias 19 e 30 de abril, o diretor Ricardo Laganaro, da 02 Filmes, em parceria com a ONG Defy Ventures preparou um filme que mergulha na rotina das prisões de segurança máxima nos EUA. Ainda não exibido no Brasil, o filme fez tanto sucesso que até Mark Zuckerberg compartilhou a produção em sua página pessoal.

“Um dos efeitos colaterais mais poderosos da VR é a empatia - a capacidade de compreender as outras pessoas melhor quando você sente realmente o que elas passam. (O filme) coloca você cara a cara com os detentos reais para que você possa experimentar suas histórias em primeira mão e entender o que é ser parte do sistema de justiça penal hoje e quão difícil pode ser construir um futuro melhor.”, disse Zuckerberg.

O título faz parte da seleção do Tribeca Immersive, dentro do segmento Virtual Arcade, programa que apresenta narrativas imersivas no festival e conta com outras 21 produções de diversos países, com destaque para “The Protectors: Walk in The Ranger’s Shoes”, primeiro filme em VR dirigido pela ganhadora do Oscar Kathryn Bigelow (por “Guerra ao Terror”) e “Life of Us”, dirigido por Chris Milk, considerado o maior nome da produção em realidade virtual na atualidade. 

Filmado inteiramente em duas prisões de segurança máxima da Califórnia, “Step to the Line” é um documentário que visa provocar uma transformação nos olhos do espectador sobre os prisioneiros e o sistema prisional. Neste projeto, vemos como a libertação do encarceramento pode ser tão amedrontador quanto a ingressão nas cadeias. A produção do documentário recebeu apoio do Outras Telas, núcleo da O2 Filmes voltado para novas mídias, tecnologia e inovação.

O Tribeca Film Festival é um dos principais curadores de histórias interativas entre os festivais de cinema norte-americanos, desde o primeiro filme realizado inteiramente em um telefone celular exibido em 2007 para destacar os criadores independentes de conteúdo. Neste ano, pela primeira vez, o Festival conta com dois programas dedicados a realidade virtual: “Storyscapes” e “Virtual Arcade”, que contam com uma diversidade de projetos que incluem documentários, narrativas ficcionais e filmes dedicados a música, proporcionando uma intensa programação de narração em realidade virtual.

Para a produção de “Step to the Line”, Ricardo Laganaro contou com a mentoria de Christie Marchese, da Picture Motion.

Ficha Técnica:

Direção: Ricardo Laganaro
Roteiro: Leopoldo Nakata e Ricardo Laganaro
Foto: João Padua
Edição: Sabrina Wilkins
Produção de set: Fernando Alcântara
Cor: Daniel Mendes
Design Gráfico: Pedro Santos
Finalização no Brasil: Gaúcho e Lucas Justiniano
Som e Trilha Original: Loud
Produção Executiva no Brasil: Janaina Augustin e Rafa Fortes

Deixe seu comentário: