Cocriador do WhatsApp pede para todo mundo deletar o Facebook

sda

Em 2014, o Facebook comprou o WhatsApp por 16 bilhões de dólares e tornou seus cocriadores, Jam Koum e Brian Acton, homens muito ricos. Com gestão compartilhada, Koum continua a liderar a startup, mas Acton desistiu de tocar o negócio no início deste ano para iniciar sua própria fundação.

Bastante descontente em como a empresa de Mark Zuckerberg toca seu negócio, o jovem disse no Twitter que “chegou a hora. #deletefacebook”. Compartilhado e curtido por milhares de seguidores a publicação levanta dúvidas sobre as razões do bilionário. Porém, um investimento recente do americano de 50 milhões de dólares na Signal, uma companhia similar a sua antiga criação dão algumas pistas.

Veja abaixo a publicação em que ele solicita a exclusão da rede social e comenta sobre sua nova empreitada que busca maior segurança de informações para a comunidade: 


Link direto

Em um período conturbado em que o Facebook é o centro do escândalo sobre vazamento de dados junto com a Cambridge Analytica, a postagem joga mais lenha na fogueira e levanta dúvidas sobre a política da gigante do Silício em relação aos seus usuários.

Procurado, o WhatsApp se recusou a comentar o ocorrido.

Deixe seu comentário: