Amarula enjaula elefantes para alertar sobre preservação

sa

A sul-africana Amarula tem sua história ligada aos elefantes e ao continente. Feita a partir da marula, único fruto africano que os paquidermes não destroem, a bebida inventada pela Distell reforça sua ligação e cuidado com o animal em mais esta ação. Conhecida como Elepanht Parade, a exposição “solta” seis esculturas do animal em pontos da cidade de São Paulo. Porém, na madruga de quarta-feira (9) ela sofreu um ataque e enjaulam todas as obras.  

Com a intervenção, a empresa impacta e convida o público a divulgar a causa e contribuir com ela, compartilhando fotos das intervenções. Para cada foto publicada no Instagram com a hashtag #CoraçãodeElefante a partir do dia 09 de agosto, Amarula doará R$ 1,00 ao Santuário de Elefantes Brasil, ONG responsável pelo resgate desses animais de cativeiros na América do Sul. A ativação é parte das celebrações da marca pelo Dia Mundial do Elefante, que acontece no sábado (12). A ação foi criada pela Espalhe.

“O problema dos elefantes atualmente não está no radar das pessoas. No mundo, a cada 15 minutos um elefante é morto pelo marfim e, no Brasil, muitos ainda vivem aprisionados. O objetivo desta ação é duplo: dar visibilidade para esta causa tão importante e arrecadar fundos para resgatar elefantes e levá-los para o Santuário na Chapada dos Guimarães", diz Theo Leal, Gerente de Marketing da Distell na América Latina.

Ao final da Elephant Parade, as seis obras serão leiloadas também em prol do Santuário, e vão ajudar no resgate de mais elefantes que vivem em condições precárias.

Como participar:

Tire uma foto com um ou mais desses elefantes:

  • Elefa - Mauro Martins (Av. Paulista, 1500)
  • O Jardineiro do Entardecer - Binho Ribeiro (Av. Brigadeiro Faria Lima, 2785 com a Av. Cidade Jardim)
  • ULA  - Antonio Peticov (R. Estados Unidos, 1595 com R. Haddock Lobo)
  • Sunset - Rafael Mantesso (Pq do Povo) 
  • Branda - Gian Luca Ewbank (Faria Lima com JK)
  • Coração de Marfim - Rodrigo Falco (Av. Paulista, 1294)

O valor total alcançado com as fotos será somado ao da iniciativa “O Regaste dos Elefantes”.

Deixe seu comentário: