Suba amplia área de atuação no mercado com novo modelo de negócio

suba

A Suba, liderada pela fundadora e CEO Fabiana Bruno e considerada o principal player do mercado de talentos, com nomes como Carlos Bertolazzi, Felipe Andreoli, Fernanda Gentil, Marco Luque, Olivier Anquier e Rafa Brites, entre outros, anuncia seu novo modelo de negócio. A agência passa a atuar também com Branded Content para integrar a operação, unindo novas frentes de trabalho. A iniciativa tem como objetivo incrementar o seu core com a criação e produção de ideias que conectem marcas e talentos. 

Outras novidades são a incorporação do estúdio Livespot de som e imagem, de propriedade de Beto Wright e o aporte  do Fundo de Investimentos RBA. Além deles também entram para a sociedade Sandra Zimberkinop e Guilherme Fracaro, que já atuavam na agência respectivamente como Head de Hub e Head de Talentos Exclusivos.

De acordo com Fabiana, estar em seu melhor momento “despertou o interesse de investidores que viram a agência crescer e apostam no nosso modelo”.

Beto Wright também alou sobre o movimento: “Estamos muito animados, pois hoje temos um estúdio de ponta e o melhor know-how para produzir conteúdo para unir marcas e talentos”.

Para a nova Suba, Marcelo Torma chega como chief content officer, com o objetivo de trabalhar ao lado de Fabiana Bruno para conduzir a transformação organizacional, liderar o processo de branded content e integrar as disciplinas da agência. Torma vem da Havas, onde estava no comando criativo como diretor executivo de criação. Anteriormente, como diretor de criação da F.Biz, ajudou a implantar a cultura da comunicação 360º e a conquista do primeiro Leão de Cannes da agência.

Para Fabiana, o momento é de mudança: “Estamos vivendo um período interessante na comunicação, de revisão e construção de uma linguagem mais próxima, mais real. Queremos contribuir fortemente neste caminho e por isso escolhi um profissional com 20 anos de atuação no mercado, que compactua comigo do mesmo olhar sobre o presente. Com a chegada do Marcelo, nos fortalecemos para fazer ainda mais a diferença e apoiar o trabalho das agências parceiras”.

Do lado de Torma, que vinha procurando um modelo de agência que pactue seus com ideais de trabalho, “o desafio será usar a experiência de construção de marcas com um olhar exclusivo em content. Para isso, concebemos uma operação aplicando as disciplinas necessárias para colocar em prática esse modelo, mirando um trabalho relevante e focado em resultados. A Fabiana e eu nos conhecemos desde 2006, quando trabalhamos juntos e já buscávamos exercer nossas expertises de um jeito inovador. Estou muito feliz de somar ao lado dela novamente”.

Deixe seu comentário: