Saiba como é feito o uso de dados da MediaMath

dave reed

A empresa de tecnologia MediaMath foi criada para auxiliar profissionais de marketing a alcançar seus objetivos. Foi fundada em 2007 após o desenvolvimento do primeiro software para compra de mídia em tempo real. A empresa está em parceria com marcas e agências reconhecidas.

Para saber mais sobre o assunto, entrevistamos Dave Reed, 43 anos, diretor-executivo de mercados internacionais da MediaMath, responsável pelos negócios da empresa na América Latina, Europa, África e Oriente Médio. O executivo tem mais de 20 anos de experiência no mercado de tecnologia, onde já trabalhou como gerente de TI e vice-presidente sênior, focado em soluções estratégicas.

Confira a entrevista abaixo:

O que te trouxe ao Brasil?

Nossa primeira viagem ao Brasil foi 6 anos atrás. Eu acho que as coisas que trouxemos no passado são interessantes até os dias de hoje. O Brasil é uma das maiores economias que crescem no mundo, um país muito conectado ao seu ecossistema. Vemos diferentes mercados pelo mundo, onde a distribuição é diferente, e no Brasil vemos oportunidades únicas de parceria. Estamos animados em fazer parte desse movimento neste lugar.

O que é a MediaMath? 

Nós ajudamos anunciantes e agências a se conectar com consumidores em grande escala pelo mundo. Isso significa que ajudamos nossos clientes a melhorar seus dados e publicidade. Nos conectamos via videos, mídias, redes, tipos de advertisings que ajudem a manejar grandes negócios e tráficos pela internet.

Qual o diferencial da MediaMath?


Tem algumas coisas que respondam isso. De uma forma profissional: trabalhamos com advertising e não fazemos dinheiro com veículos. Achamos importante trabalhar com o interesse do cliente, lembrando que cada um tem um jeito de atingir o público e lucrar. Em segundo, permitimos que o cliente planeje soluções customizadas, pois temos clientes grandes e globais como ebay ou procter e gamble, porém em cada caso os resultados são diferentes. E por último acho que nossa forma de reconhecer as soluções dos clientes é diferenciada, o que inclui um alto nível de desempenho.

Sobre os Adblocks, como não ser intrusivo? 

É uma otima pergunta. Nós pensamos que publicidade pode irritar pessoas e favorecer o bloqueio de propaganda. Para melhorar a experiência do consumidor, nossa empresa tem planejamentos em conjunto com os as empresas contratantes para criar propagandas que não sejam uma distração. Transformar esses anúncios em conteúdo interessante, aprovado e impactantes.”


Todos vimos o escândalo sobre o vazamento de dados do Facebook por meio da Cambridge Analytica. Qual a política da MediaMath em relação à transparência do uso de dados?

 
A situação com Cambrigde foi complicada. Nós achamos importante deixar claro para os clientes como seus dados são usados. Nosso modelo de negócio é esse, conscientizar o cliente sobre o uso de informações. Fazemos isso de forma aberta, entre nós e a empresa contratante. Gostamos de vender um serviço que gostaríamos de contratar. Eu gostaria que usassem meus dados sem o meu consentimento? A resposta é não.

 
Qual o momento atual da marca?


Nós pensamos que nossa posição de transparência e independência é muito interessante para empresas globais. Acho que estamos em uma ótima posição, pois companhias buscam sempre soluções e isso é algo que podemos dar. 

Deixe seu comentário: