BBC expande conteúdos para canais Discovery

discovery BBC

A Discovery Networks Latin America/US Hispanic (DLA/USH), firmou um acordo que permite que os canais Discovery ofereçam uma grande variedade de conteúdos da BBC Worldwide em diversos gêneros. Assim, a Discovery torna-se o destino de muitos dos programas populares da rede britânica, como por exemplo The Great British Bake Off e da série What Not to Wear.

A aquisição de programas que abordam os gêneros factual, estilo de vida, motores e história natural comuns da BBC é motivo de satisfação para Carolina Lightcap, vice-presidente executiva e diretora de conteúdo para DLA/USH: "A Discovery tem uma longa parceria com a BBC Worldwide e estamos entusiasmados em contar com essas franquias reconhecidas internacionalmente". E a executiva completa, "essa ampla oferta de conteúdo trará aos nossos espectadores alguns dos mais empolgantes e envolventes programas disponíveis no mundo, a começar pelo marcante Planeta Terra II, que estrearemos em junho. O acordo reforça o compromisso da Discovery em oferecer conteúdo da mais alta qualidade em todos os nossos canais distribuídos na América Latina".

Para Anna Gordon, vice-presidente executiva e diretora geral da BBC Worldwide America Latina/Us Hispanic, o movimento é feliz por diversos motivos: "Temos orgulho de nosso conteúdo factual de qualidade internacionalmente reconhecida, que surpreende, encanta e inspira audiências em todo o mundo. Não há melhor lugar do que os canais Discovery para a exibição na América Latina de nossas maiores franquias, como Planeta Terra II, Planeta Azul II, Top Gear e nossos programas de estilo de vida, que agora chegam a uma enorme audiência em toda a região”. Gordon ainda ressalta o quanto a ação é feliz e assertiva: "A parceria entre a Discovery e a BBC Worldwide é uma relação natural e o acordo de longo prazo nos deixa orgulhosos. A BBC segue sendo um dos mais importantes distribuidores mundiais de conteúdos e formatos inovadores e de alta qualidade". O acordo garante que a audiência da América Latina tenha acesso ao melhor da BBC, lembra a executiva.

Deixe seu comentário: