Libreflix: plataforma de conteúdos alternativos surge para concorrer com a Netflix

Libreflix

Disruptivo, o Netflix criou uma forma de consumir conteúdos em streaming que serve de inspiração para diversas outrar plataformas. Dentre opções similares como o Popcorn Time, o Libreflix é um lançamento brasileiro que se baseia na startup americana, mas traz em seu projeto algumas particularidades.

Criado por Guilmour Rossi, estudante e hacktivista (como o próprio se denomina), o site se divide em categorias como: ativismo, veganismo e feminismo. Além de conter em seu catálogo os mais diferentes formatos cinematográficos relacionados a esses assuntos, a novidade já conta hoje com cerca de 200 produções que abordam a realidade de um modo crítico.

Seguindo o conceito de Cultura Livre, a plataforma surgiu pela necessidade de um canal que reunisse de forma simples produções que não ferissem direitos autorais para atender ao usuário comum, portanto, é normal que não sejam encontrados títulos mais famosos e blockbusters.

Por não possuir fins comerciais a plataforma é desenvolvida comunitariamente. Desse modo, nem mesmo é necessário --embora seja considerada a possibilidade por seu criador-- uma conta para acessar aos filmes. Pelo mesmo motivo o custo de manutenção é baixo, permitindo que Rossi e mais cinco pessoas cuidem da curadoria, programação e planejamento. 

Deixe seu comentário: