Cocielo pede desculpa pela sua “IGNORÂNCIA”

asd

No último sábado, (30), o youtuber Júlio Cocielo viu os milhões de likes que recebe diariamente se transformarem em reações negativas após tweetar que “Mbappé conseguiria fazer uns arrastão top na praia hein”. Acostumado com o assédio de fãs e das marcas, o influenciador passou a ser manchete pelo seu racismo. Inconformados com a atitude, alguns usuários pediram explicações de seus patrocinadores e elas vieram seguidas de rompimentos.

Solicitadas a se posicionarem, empresas como Submarino, Coca-Cola, Itaú e PepsiCo divulgaram o corte imediato de qualquer relação com o creator. Diante da polêmica, a questão também gerou uma investigação dos tweets de influenciadores que fez com que ele apagasse 50 mil tweets antigos e o seu colega Cauê Moura também perdesse o patrocínio da Warren (entenda melhor).

Em silêncio desde o ocorrido e com apenas uma declaração no Twitter, o youtuber rompeu o “sumiço” e publicou um vídeo no Youtube que pede desculpa pela “IGNORÂNCIA”. Sério, como ele não costuma aparecer nas câmeras, ele disse que estava “consciente do meu erro e eu não quero tentar ter razão ou querer debater pela razão em cima de alguma coisa que realmente eu não tenho razão nenhuma".

Preocupado com a gravidade de sua postagem, tal qual o folclórico personagem ET Bilu, ele disse que foi atrás de conhecimento e agradece “as pessoas que souberam me ouvir, conversar comigo e me explicaram sobre o racismo institucional e o velado. A partir desse momento, eu percebi que é importante e nós precisamos conhecer e entender. No meu caso, a ignorância foi combatida com conhecimento".

Atento aos diversos questionamentos que tinham que ser respondidos, o jovem de Osasco também se posicionou sobre as quebras de acordos comerciais e ironizou as pessoas que dizem que só pede desculpa quando se sente no bolso.

Sobre essa imposição, ele diz que “Mano, eu não nasci em berço de ouro. Eu vim do nada. A coisa mais importante para mim é a minha criação e a minha humildade. E eu aprendi que a humildade não tá no que a gente tem. Ela tá no nosso caráter. Quem me ensinou isso foi minha mãe. Eu me sinto decepcionado por ter envergonhado ela".

Confira abaixo o vídeo na íntegra:

Reações à desculpa

Postado na noite desta quarta-feira, (04), o vídeo postado em seu “Canal Canalha”, com 16 milhões de seguidores, já foi visto três milhões de vezes. Com 902 mil “likes”, a declaração já rende réplicas de outros produtores de conteúdo.

Diante de tantas interpretações, uma das que tem se destacado é a do produtor de conteúdo Spartakus Santiago. Em sua postagem, ele diz que “Agradeço por ele parar de se refugiar no silêncio.  Isso não faz o que ele fez menos errado, mas é a atitude necessária pra poder mudar de direção e recomeçar da forma certa.”

Confira o post completo:

 

Deixe seu comentário: