Hugo Rodrigues fala como é estar no júri desde o 1º O Melhor Comercial do Brasil, do SBT

Dizem que a excelência de um prémio está diretamente ligada à escolha de seu júri. Afinal, é ele que indica os vencedores e faz a curadoria dos indicados. Em sua sétima edição, O Melhor Comercial do Brasil, do SBT, cresce ano a ano e mantém a sua relevância por meio da escolha de um corpo técnico alinhado com o mercado e uma proposta que engaja o segmento.

Com o intuito de premiar os melhores filmes publicitários veiculados na emissora anualmente, a organização do festival se conecta com agências por meio de inusitadas ativações (veja aqui) e reconhece as peças vencedoras com uma viagem para o Festival de Criatividade de Cannes, na França, para a dupla de criação e anunciante vencedores.  

Cientes da importância da competição, o time da emissora compõe um júri diverso. “Nesta edição, priorizamos uma composição com profissionais que de alguma forma fizeram a diferença no último ano, quando o assunto é a criação e viabilização das grandes ideias”, declara Marcelo Parada, diretor Comercial e de Marketing do SBT (confira uma entrevista com o executivo aqui).

Desse modo, 17 publicitários participarão da banca avaliadora. As peças serão julgadas por meio de uma eleição prévia pela comissão interna — composta por jornalistas e executivos da área de Marketing e Comercial do SBT — que analisa todos os filmes veiculados nacionalmente na emissora ao longo de 2017.

Posteriormente, a lista de filmes finalistas passa pelo crivo do júri, por meio de votação online, que resulta em uma shortlist dos 10 melhores comerciais. Já a categoria Regional contará com um corpo de júri para cada uma das cinco regiões do País. Cada um selecionará o melhor filme local, totalizando uma shortlist de 5 comerciais (veja aqui os finalistas desta edição). 

A última etapa acontecerá nesta quarta-feira (16) em um evento fechado, com a presença dos jurados, jornalistas e executivos da emissora. Na ocasião, o júri realiza a última votação que decidirá os grandes vencedores nacional e regional.

Entre os avaliadores, a alista contempla nomes como André Kassu (CP+B), Daniel Chagas (AlmapBBDO), Fábio Rosinholi (Agência WE), Félix Del Valle (Ogilvy), Gustavo Diehl, (Lew’Lara\TBWA), Henrique Mattos (Publicis), Hugo Rodrigues (WMcCann), James Scavone (Salve Tribal), Joanna Monteiro (FCB), Eduardo Martins (Talent Marcel)
Laura Esteves (Y&R), Marcelo Reis (Leo Burnett Tailor Made), Mariangela Silvani (Grey), Paulo Coelho (DM9DDB), Paulo Ilha (DPZ&T), Pedro Bullos (Africa) e Rodolfo Barreto (BETC).

Para falar um pouco sobre como é participar desde a primeira edição, as particularidades O Melhor Comercial do Brasil e as atividades do júri, batemos um papo rápido com o presidente do júri Hugo Rodrigues, Chairman e CEO da WMcCann.

Como é ser presidente de júri desde a primeira edição?

É mais do que uma honra presidir um júri que seleciona o melhor da publicidade brasileira. Ao longo desse tempo, temos acompanhado muitas mudanças no mercado, no país.

E muitas delas estão refletidas em nossa propaganda. Participar da escolha desses trabalhos, que refletem a proximidade das marcas com seus públicos ao longo desse tempo, é realmente um orgulho muito grande.

Qual o diferencial e o que mais gosta no Prêmio do SBT?

Um dos grandes méritos desse prêmio é valorizar o trabalho de profissionais que realmente fazem acontecer. E esse reconhecimento por uma emissora como o SBT é de extrema importância para o fortalecimento do nosso mercado, que precisa estar cada vez mais forte e integrado para lidar com as mudanças que estão acontecendo em toda a indústria da comunicação.

Como avalia o trabalho/processo de votação e a qualidade do júri ano após ano?

Esse é o tipo de trabalho que a gente quer que fique mais difícil de escolher ano após ano, porque mostra a evolução da qualidade dos trabalhos inscritos. Inscrição, a propósito, que é um diferencial, porque basta que o filme tenha sido veiculado no SBT para poder concorrer.

Isso, por si só, já é um ponto muito importante. Torna mais democrática a seleção e ajuda no processo de transparência da premiação, que fica ainda mais evidente na votação final, um grande evento ao vivo para convidados e jornalistas.

Native Ads

Deixe seu comentário: