"Ouvi um OK Obrigado?" DM9 abre as portas do seu Content Hub para falar sobre branded

Dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola e picles em um pão com gergelim. Sim, você já está cansado de saber como é feito o lanche mais famoso de todo o mundo, o Big Mac, do McDonald’s. Já o que não tem receita pronta é a estratégia para engajar o público. Por outro lado, o que talvez seja um consenso é o crescimento poderoso de um ingrediente essencial na comunicação entre marcas e pessoas nos últimos anos: o conteúdo. Isso é o que faz com que grandes agências, como a DM9, por exemplo, criem uma área especifica para potencializar esse tipo de entrega e saciar a fome de seus clientes por resultados.

Com 28 anos de estrada na publicidade nacional e a criação de campanhas lendárias que se firmaram no imaginário brasileiro, como “Pipoca com Guaraná”, “Na cama com pijama”, “Mamíferos da Parmalat” e tantos outras, a DM9 construiu sua reputação com grandes clássicos dos 30 segundos na televisão brasileira. Isso não impediu a agência de dar um passo adiante nesses novos tempos e criar outros formatos com potencial para reter uma audiência que agora consome o que quer, quando quiser e da maneira que preferir. O case “Portas Abertas”, criado para o McDonald’s, onde o ex-gerente e atual influencer Phellyx, apresenta a cozinha do restaurante, é um exemplo disso.

Para entender como as iniciativas de branded content ganham espaço dentro da agência e como a DM9 tem se preparado para essa demanda, fomos conversar com a Mariana Manso, que é a head de conteúdo da empresa. Confira:


Equipe do Content Hub

Como uma agência tradicional se prepara para trabalhar com conteúdo?

A área de conteúdo existe na DM9 há mais de sete anos e esse tempo foi de muito aprendizado para entender o que dá certo e o que não dá. Estamos em constante evolução e hoje contamos com uma equipe de quase 30 profissionais trabalhando exclusivamente em nosso Content Hub. Isso já mostra um pouco do mindset da DM9 em relação a essa nova realidade, que para nós não é tão nova assim, já que para atender essa demanda sempre contamos com profissionais nativos digitais. Nós desenvolvemos conteúdo relevante para o público de nossas marcas explorando a linguagem e formatos que os meios pedem, tanto que a agência conta com áreas de criação, mídia e produção exclusivas para o digital. Trabalhamos para manter a essência inquieta e criativa da propaganda com demanda e o dinamismo do conteúdo em redes sociais.

Nossa maior característica é a diversidade. Criamos uma equipe multidisciplinar, com experiências complementares.

Como está o Content Hub da agência? Como está estruturado?

A área está estruturada dentro da criação. Após testar diversos modelos de trabalho, hoje operamos com um vice-presidente de criação digital, uma head de conteúdo, três coordenadores e trincas (uma dupla de diretor de arte e redator produzindo conteúdo junto ao Community Manager). Além disso, temos também uma equipe de interação que é responsável pelo monitoramento das redes e respostas para o público que interage com nossas marcas e programação de postagens. 

A área trabalha para quais clientes? Quais são as características da equipe? Quais são as formações dos profissionais?

Nossa maior característica é a diversidade. Criamos uma equipe multidisciplinar, com experiências complementares, que entende das plataformas e tem sensibilidade para trabalhar no contexto social que vivemos nos dias de hoje. Isso é fundamental para trazer frescor e conexão direta da realidade para o cliente. Atualmente atendemos: Ambev Institucional, BRF, Carefree, Fusion Energy Drink, H2OH!, Johnson’s baby, Johnson & Johnson, Lipton Chá Quente, Lipton Ice Tea, McDonald’s Brasil, McDonald’s LATAM, Original, Perdigão, Sempre Livre, Serramalte, Subaru, Sukita, Tônica Antarctica e Tok&Stok. 

Conteúdo é o elo de ligação entre o que as marcas querem dizer e o que as pessoas querem ouvir.

Quais são os primeiros resultados?

Mais do que um resultado específico, o importante é ter uma equipe que se orgulhe do que está colocando na rua. Nossos profissionais são críticos e ter eles felizes é meio caminho andado para que o resultado venha. Este ano já emplacamos o vídeo de marca com maior retenção do Facebook, o Portas Abertas, para o McDonald’s, com o ex-gerente e influenciador digital Phellyx. Somos a melhor agência de social media dos últimos dois anos pelo Prêmio Share e continuamos aprendendo diariamente com a recepção das pessoas. Com isso podemos ter liberdade para arriscar e desenvolver algo novo, já que conquistamos a confiança dos nossos clientes.

Como surgiu a ideia de montar um estúdio de conteúdo dentro da agência?

Conteúdo é o elo de ligação entre o que as marcas querem dizer e o que as pessoas querem ouvir. E nosso trabalho é transformar os objetivos de marca em conteúdo relevante para as pessoas. Seja com um vídeo engraçado de um influenciador, como os vídeos Portas Abertas do McDonald’s, colocar sabor e appetite appeal na timeline das pessoas com receitas preparadas com Lipton Ice Tea ou uma mensagem emocionante com o Bebê Johnson’s. E precisamos ter uma equipe dedicada para garantir o nível de entrega e criatividade que uma agência como a DM9 exige sempre.

Quais são os cases que a agência já tem em termos de conteúdo?

Os mais recentes cases de sucesso são: o vídeo de Portas Abertas criado para o McDonald’s, onde o ex-gerente e atual influencer Phellyx, apresenta a cozinha do restaurante, o reposicionamento de Tônica Antárctica, com o lançamento do Instagram da marca, onde abrimos um diálogo emocional e funcional com pessoas reais, que contam suas histórias e experiências transformadoras e a campanha de Perdigão, com vídeos publicados e segmentados para cada hora do dia onde família e amigos se reúnem para deixar a Mesa Cheia. 

Gostaria de acrescentar alguma coisa nesta entrevista?

#Descubra (risos).

Renato Rogenski

Deixe seu comentário: